Imposto de Renda 2019 exige mais documentos; saiba como se organizar

A declaração do imposto de renda terá algumas mudanças na documentação em 2019.

 

Uma delas é a obrigatoriedade da informação do CPF de todos os dependentes e alimentando, independentemente da idade. A exigência de documentos sobre veículos e imóveis também aumentou.

Com auxílio da Constanzo, informamos todos os documentos que devem ser reunidos para a declaração. O ideal é te-los com antecedência. Confira:

 

Rendimentos: – Informes de Rendimentos de Bancos e outras instituições financeiras, inclusive corretora de valores; – Informes de Rendimentos de Salários, Pró Labore, Distribuição de Lucros, aposentadoria, pensões, etc… – Informes de Rendimentos de aluguéis móveis e imóveis recebidos; – Informações e documentos de outras rendas recebidas no ano calendário 2018, tais como doações, heranças, dentre outras; – Livro Caixa e DARF’s de Carnê-Leão (se for o caso); – Informes de Rendimentos de participações de programas fiscais (Nota Fiscal Paulista, Nota do Milhão, dentre outros);

Bens e Direitos: documentos comprobatórios da compra e venda de bens e direitos (caso tenham ocorrido) no ano calendário 2018;

– Imóveis – Data de aquisição, Área do imóvel, Inscrição municipal (IPTU), número da matrícula do imóvel e nome do Cartório de Imóveis onde foi registrado o imóvel;

 

– Carros, ter em mãos o RENAVAM;

 

Despesas médicas e odontológicas | Recibos legíveis com data, CNPJ ou CPF Convênio | Informe anual para os convênios individuais (Empresarial não entra);

 

– Outras deduções | Escola, previdência privada, empregada doméstica (enviar CPF e NIT) Encaminhar informe de pagamentos anuais | Será necessário CPF de Dependentes

 

 

– Pagamentos de dívidas | Comprovantes de dívidas contraídas em 2018 (Casa, Carro etc.) Comprovantes de doações feitas ou recebidas | Pensão Alimentícia paga ou recebida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?